Painel - Produção Independente -  Da criação a distribuição

Palestrantes:

Caví Borges - Cavídeo Produções

Luis Rosemberg Filho - Cineasta

Cavi Borges            

Cavi Borges é produtor, diretor e empresário do setor de cinema. É o fundador da Cavídeo, locadora especializada em filmes raros e de arte, referência entre os cinéfilos do Rio, que mais tarde também se tornou produtora e distribuidora de filmes. 

Ao longo desses anos Cavi vem dando oportunidades a novos cineastas, buscando valorizar projetos de baixo orçamento. Realizou diversos curtas, médias e longas metragens documentais e de ficção com grupos culturais, como por exemplo, Nós do Morro, CUFA, Cinema Nosso e Cinemaneiro. Desde então, como resultado dessa viabilização de projetos, Cavi tem vivido em intensa produção e direção cinematográfica.

Em 2008 seu trabalho é reconhecido internacionalmente, ao ganhar o prêmio de "Jovem Empreendedor do Cinema Brasileiro", realizado pelo Britsh Counciul, sendo convidado pela Inglaterra a representar o Brasil na etapa mundial.

Em 2010 o curta metragem selecionado pelo programa Petrobrás Cultural, A distração de Ivan foi selecionado para o Festival de Cannes na Semana da Crética. Em 2011 produziu e exibiu em festivais nove longas metragens como Riscado, que ganhou cinco kikitos no Festival de Gramado e o prêmio de melhor atriz no Festival do Rio .

Em 2012, com 10 novos curtas finalizados, seu novo longa documentário Cidade de Deus - 10 Anos Depois foi selecionado para o encontro com produtores no Festival de Cannes 2012.

Em 2013 e 2014 seu filme "Cidade de Deus - 10 anos depois" participou de mais de 60 festivais de cinema nacionais e internacionais ganhando os premios de melhor filme pelo juri popular na Mostra Tiradentes, no Festival CURTASE, e na Bolivia.

Luiz Rosemberg Filho            

O mais critiavo, poético e ousado cineasta em atividade do país, Luiz Rosemberg Filho, já dirigiu vários longas, curtas e vídeos. Dos longas-metragens, dos quais alguns tiveram problemas com a censura e também algumas produções não tiveram uma distribuição regular. Algumas de suas produções foram Crônicas de Um Industrial (78), Assuntina das Américas (75), Jardim das Espumas (68), Américas do Sexo (67), Balada da Pagina Três (66), Imagens (72), Um Filme Familiar (79), Desobediência (84) ANALU (08), A Carta(08), Nossas Imagens (09), ANA TERRA (07), Afeto(09), Hollywood, Dinheiro, O Santo e a Vedete, Alice, O Vampiro, Videotrip, A Carta, entre outras. Um dos melhores montadores, Ricardo Miranda realizou um curta sobre o Rosemberg, chamado Bricolage(08), as criações de Miranda, estão no afeto e no pensamento, dos mestres como Paulo César Saraceni (A Etnografia da Amizade), Luiz Rosemberg Filho (Bricolage), Gilberto Freyre, José Mojica Marins etc. Luiz Rosemberg Filho realizou quase 50 filmes ao longo de cinco décadas. Grande parte não foi projetada nos cinemas. Rosemberg é considerado um ícone do Cinema Marginal.

Auditório FACHA Botafogo

  • Inscrição de Evento
  • Login